4 de maio de 2010

Como...

... foi!!!

Na 6ª feira, lá começamos nós como um dia normal. De manhã lá fomos levar a Matilde à Escolinha, e eu e o Papá rumamos à consulta na Ordem (já com instruções para andarmos com as malas, porque poderíamos ficar já internadas).

Assim foi, quando chegamos as instruções era para subirmos ao Piso de Obstetrícia. Mal lá chegamos disseram...

"Vamos lá Mamã... vamos para o quarto e preparar tudo para o grande dia!"

Lá fui eu vestir aquele vestido de Gala Lindo (NOT)... e começou a indução e a administração do antibiótico (Streptococcus positivo). Rapidamente as contrações começaram a ser seguidas, mas sem "amplitude" suficiente!

Lá me fui aguentando aos Toques (bem... o primeiro foi o pior de todos!!!), após umas 3 horinhas naquilo, resolveram dar-me a epidural

"Mamã não há razão para estar aqui com dores... por isso vamos colocar-lhe já o catéter, e depois vai-se dando a medicação aos pouquinhos... aproveita e descança um bocadinho!"(realmente consegui dormir por vários períodos durante a tarde)

Como o cólo externo estava todo abertinho, mas o interno não descia lá me foram fazendo umas "maldades" e rebentaram as águas... como tinha tanto líquido foi preciso estarem a carregar-me na barriga para o líquido ir saíndo! Mesmo assim, nada do cólo interno resolver descer... conclusão - Cesariana!

Eram 18.45 (aproximadamente) quando decidiram que iríamos para o bloco... ás 19.10 a Maria chorava pela primeira vez!

Foi uma EMOÇÃO...

Nos entretantos, já tínhamos avisado a Vóvó V que já estavamos na Ordem e que por isso seria ela a ir buscar a Matilde, mas não lhe deveria contar nada, até ter a notícia de que a Maria tinha nascido! Mal o Papá subiu ao quarto com a Maria (enquanto eu estava a ser "arranjada"), ligou para a Vóvó e assim ela foi logo com a Matilde para a Ordem!

Ainda me lembro da cara da Matilde a entrar no quarto... com um sorriso de orelha a orelha! Ficou encantada de imediato com a Mana...

"Mamã... ela é tão Linda! Tão Pequenina!"

Durante o nosso internamento
(em que o Papá também ficou na Ordem), a Matilde ficou em casa da Vóvó, durante o dia vinha para junto da Mana e dos Papás. À noite, embora ela já estivesse mentalizada, acabava sempre por chorar porque queria estar junto da Mamã! Telefonava sempre ao se deitar a chorar... e claro... eu acabava também a chorar. Lá conversava com ela e ela ficava calminha!

2ª feira, dia da nossa alta, foi para a escolinha, mas logo após o almoço teve a bela surpresa de o Papá a ir buscar! Chegou a casa em êxtase... a Mana já estava em casa!!!

O resto da semana foi para a escolinha só até à hora do almoço! Depois vinha para casa para junto da Mamã, Papá e Mana. Como o tempo esteve sempre muito bom, aproveitamos o jardim e o parque!

Em conclusão... anda
FELIZ por ter a Mana em casa, e não se cansa de ver como está a Maria. Está sempre a avisar toda a gente de coisas que não devem fazer (por exemplo, não se deve tocar na cabeça porque o osso ainda não está fechado, etc...), onde é que podem ou não fazer festinhas.

3 comentários:

Lia Santiago disse...

LINDO!!!
pARABENS

apm disse...

Para mais tarde recordar!!
;)
Bjos

Ana Carina disse...

Parabéns!! Espero ter a mesma coragem que tu na hora da vinda do meu Miguel :).